O que é RGB ?

RGB é a sigla do sistema de cores aditivas formado pelas iniciais das cores em inglês Red, Green e Blue, que significa em português, respectivamente, Vermelho, Verde e Azul.

O sistema de cores luminosas RGB (também designado por cor-luz) é usado nos objetos que emitem luz como, por exemplo, os monitores de computador e televisão, as câmeras digitais, o scanner, entre outros.

Já nas impressoras é utilizado o padrão de cores subtrativas denominado CMYK, formado pelos pigmentos primários Cyan (Ciano), Magenta (Magenta) e Yellow (Amarelo) e ainda, o blacK (Preto).

As cores são obtidas através das misturas das três cores primárias, em quantidades determinadas. Cada uma das cores obtidas estão enquadradas numa escala que varia de 0 a 255. Quando a mistura das três cores está no valor mínimo (0, 0, 0), o resultado é a cor preta. Quanto está no máximo (255, 255, 255), resulta na cor branca.

A variação entre valores mínimos corresponde a tons escuros e entre os valores máximos, os tons são mais intensos, mais claros.

O que é CMYK ?

CMYK é um sistema de cores cuja sigla é formada pelas cores Cyan (Ciano), Magenta (Magenta), Yellow (Amarelo) e blacK (Preto). O CMYK (também chamado de cor-pigmento) é um sistema muito utilizado indústria gráfica.

Além das cores primárias ciano, magenta e amarelo, também usa a cor preta, considerada como a “cor chave” por ser essencial para definir os detalhes de uma imagem (para alguns, o “K” que faz parte da sigla seria da palavra inglesa “Key”, que significa “chave”).

O sistema CMYK é utilizado para impressão em cores com tinta, com o objetivo de ocultar algumas cores, quando o fundo é branco, para diminuir a luminosidade e ressaltar a combinação das quatro cores. O CMYK pode reproduzir todas as principais gama de cores, mas não todas as cores existentes do mundo. O CMYK funciona através de impressoras e fotocopiadoras para reproduzir uma grande parte das cores do espectro visível.

Enquanto o CMYK é a cor-pigmento, o sistema RGB (vermelho, verde e azul) é definido como a cor-luz, sendo utilizado nos objetos que emitem luz (na televisão, por exemplo).

Além do CMYK e do RGB, existem outros padrões de cores, como o Pantone, uma biblioteca que possui uma imensa gama de cores catalogadas.

Espaçamento de Pincéis

Quando usamos a ferramenta Brush tool em formato de estrela, por exemplo, nota-se que as estrelas estão muito unidas e não dão o efeito de um céu estrelado.

Clicando na paleta Brushes como mostra a imagem, conseguimos configurar algumas propriedades dos pinceis.

Clique uma vez na opção Brushe Tip Shape como ilustrado na imagem abaixo.

Aparecerão as opções gerais do pincel selecionado, note que as estrelas continuam unidas na caixa de visualização. Para alterar isso devemos mover o espaçamento (Spacing) de 25% para uma proporção maior.

Foi alterado o espaçamento (Spacing) para 180%, observe como as estrelas já estão mais distribuídas.

Agora observe o resultado final da alteração.

Vanessa Lanzillotta
Clique aqui – Curso de Photoshop – MPR Informática