Macro Auto Executável

Para criar uma macro auto executável abra o Excel e aperte as teclas de atalho Alt+F11.

Acione o botão Inserir Módulo, indicado na imagem abaixo, para inserir o módulo onde será criado o procedimento.

Com o módulo Inserido construa o procedimento desejado, como no exemplo abaixo.

* Para que a macro se torne auto executável deve-se dar o nome a ela de auto_open do contrario não funcionará o recurso.

Repare que o procedimento mostrado acima insere o texto MPR Informática na célula B4 e formata para a fonte Times new Roman.

Execute o procedimento e em caso de erro faça as correções necessárias.

Depois de executar o procedimento, salve o arquivo com o nome desejado.

Selecione a planilha inteira em que a macro foi executada e limpe-a (Limpar/Limpar tudo).

Salve o arquivo novamente e feche-o.

Agora basta abrir o arquivo novamente para que a Macro seja executada automaticamente.

André Lanzillotta
Clique aqui – Curso de VBA – MPR Informática

Facebook Comments

Subfolha de dados

Objetivo:

Trabalhar com duas tabelas ou consultas simultaneamente.

No banco de dados acima existem 2 tabelas: Estoque e Funcionário.

Na tabela estoque está a quantidade de produtos em estoque.

A tabela Funcionários contém informações relacionadas aos funcionários.

Faz-se necessário saber a quantidade vendida por cada vendedor e a quantidade de produtos em estoque.

Para que se possa fazer isso sem ter que ficar alternando entre as duas tabelas frequentemente, existe o recurso Subfolha de dados.

Para trabalhar com a tabela Funcionários e com a tabela Estoque simultaneamente:

Selecione qualquer registro da tabela Funcionário.

Em seguida acione o botão Mais, que se encontra na Guia Início, em seguida a opção Subfolha de dados e Subfolha de dados.

Será exibida a janela Inserir Subfolha de dados para que possa ser escolhida a tabela ou consulta a ser vinculada.

No caso selecione a tabela Estoque e clique no botão OK.

Feito isso aparecerá marcadores com o sinal de + nos registros da tabela funcionário que serve para indicar que há uma tabela vinculada.

Para exibir a tabela vinculada basta clicar no indicador com o sinal de + e ele exibirá a tabela vinculada.

Agora é possível trabalhar com a tabela Funcionários e Estoque simultaneamente.

André Lanzillotta
Clique Aqui – Curso de Access Avançado – MPR Informática

Facebook Comments

Os erros mais comuns em Apresentações em PowerPoint

Criar uma apresentação no PowerPoint requer alguns cuidados para que o seu trabalho tenha uma identidade visual clara e as informações como textos, imagens, formas e outros elementos fiquem disponíveis pela apresentação de maneira a não prejudicar o principal objetivo: fazer com que a sua mensagem seja compreendida pelo seu público-alvo.
Atenção para as dicas abaixo, são erros comuns que algumas pessoas deixam escapar:

1. Utilizar fontes que não são comuns em todos os computadores: A escolha das fontes é muito importante tanto para manter a legibilidade, ou seja, garantir que o público conseguirá ler o que você escreveu, quanto para não causar problemas de incompatibilidade em outros computadores. Por isso, prefira as fontes básicas como Arial, Verdana e Times New Roman. Você também pode salvar as fontes junto com o documento em Save As > Tools > Save Options > Embed TrueType fonts (Salvar Como > Ferramentas > Opções de Salvamento > Salvar fontes TrueType). Nota: o tamanho do arquivo ficará maior se você salvar as fontes.

2. Copiar e colar imagens e vídeos: Você deve sempre INSERIR imagens, vídeos e gráficos no documento pelo guia Insert > Picture (Inserir > Imagem), Insert > Movies (Inserir > Vídeos), Insert > Sounds (Inserir > Vídeos ou Sons) e Insert > Chat (Inserir > Gráfico). Assim, você evita que imagens fiquem quebradas ou que travem o arquivo.

3. Inserir muito texto: A apresentação é para servir de apoio e não para dar todas as informações. Então, não leia o que está escrito e não coloque textos muito longos, prefira o uso de marcadores e tópicos.

4. Não revisar a apresentação: Você deve certificar-se que a apresentação está concluída e que não apresenta erros de português e de informação.

5. Colocar muitos efeitos, transições e imagens: A apresentação deve servir de apoio às observações orais, que devem ser mais atraentes. Os slides não podem roubar a atenção nem cansar o público com transições intermináveis, efeitos onde cada palavra surge por vez e assim por diante.

6. Arquivos grandes: Na hora de enviar uma apresentação por e-mail, por exemplo, ela não pode estar muito grande. Por isso, controle no uso de imagens e vídeos que tornam o arquivo ainda maior. Lembre-se de enviar os vídeos quando os arquivos serão abertos e editados por outras pessoas.

7. Uso excessivo de cores: Deve-se evitar cores com pouco contraste ou muito chamativas no fundo. Também não é aconselhável usar muitas cores em uma só apresentação, o ideal é usar uma combinação de três ou quatro cores em todo os slides (para texto e fundo).

Recomendações baseadas no artigo que está em: http://tecnologia.uol.com.br/downloads/ultnot/2007/10/22/ult2878u280.jhtm (Último acesso em: 09/04/2009)

Clique aqui – Curso de PowerPoint – MPR Informática

Facebook Comments

Banner Rotativo

Objetivo: Colocar na página da internet um banner que será trocado cada vez que a página for atualizada.

Crie três banners de sua preferência, sendo que todos devem ter a medida de 480px (largura) e 60px (altura).

Para alterar o tamanho do palco clique uma vez no local indicado abaixo e coloque o tamanho desejado.

Exporte os banners criados para o diretório (File/Export/Export Movie) com os nomes 1.swf, 2.swf e 3.swf.

Crie um quarto banner que servirá como uma estrutura para os outros banners.
Para isso crie um novo arquivo (File/New) e modifique o tamanho do palco para 480px (largura) e 60px (altura).

Para criar um novo arquivo acione o menu File e a opção New como mostra a ilustração abaixo.

Desenhe um retângulo, utilizando a ferramenta Rectangle Tool, deixando-o do mesmo tamanho do palco.

A ferramenta Rectangle Tool fica na barra de ferramentas como indica a imagem abaixo.

Selecione o retângulo desenhado e pressione F8 para converte-lo em simbolo. escolha a opção clipe de filme (Movie Clip) como mostra a figura abaixo.
OBS.: O nome do símbolo não é relevante.

Após selecionar o retângulo e pressionar a tecla F8 aparecerá a janela mostrada a baixo.

Basta escolher a opção Movie Clip e clicar no botão OK para converter em Movie Clip.

Com o retângulo novamente selecionado, vá até a barra de propriedades e no campo color escolha a opção “Alpha” e deixe alpha = 0.

Clique no frame 1 da layer1 com o botão direito e escolha a opção “Actions”.

Na paleta Actions desative o script Assist para que possa digitar o script.

Para desativar o Script Assist basta clicar no botão Script Assist indicado na imagem abaixo.

Digite na área indicada o código abaixo:

* Explicando o código utilizado acima:
banner = random (3) + 1; // Nessa linha de código declaro uma variável chamada “banner” que será escolhida aleatoriamente através do comando “random” um entre os 3 banners que eu tenha feito, onde será exibido um por vez.

loadMovieNum(banner+”.swf”,1); // Com esse comando eu carrego meus banners com extensão .swf para o nível 1, ou seja para o nível principal.

Salve esse arquivo na mesma pasta que os outros e pressione Ctrl+Enter para ver o resultado final do seu projeto antes de exportá-lo.

Feche o arquivo visualizado e pressione Ctrl+Enter novamente para carregar outro banner.

André Lanzillotta
Clique aqui – Curso de Flash – MPR Informática

Facebook Comments

Como ajustar a escala do eixo de um gráfico em VBA

Gráficos são excelentes ferramentas para análise de dados, eles fornecem uma excepcional visão qualitativa de um fenômeno a ser estudado. Algumas vezes, porém, temos que ajustar a escala do gráfico para que possamos observar o trecho que nos interessa, nada que não se possa fazer configurando os valores mínimo e máximo dos eixos, mas e se houvesse uma maneira mais rápida de fazer isso?

Essa maneira mais rápida existe e pode ser feita com auxílio do VBA. Para exemplificar vamos apresentar um exemplo semelhante ao que apresentamos em nosso curso de VBA para Excel (http://www.mprinformatica.com.br/vbaexcel2007.html). Considere um gráfico, chamado “Gráfico 1” que está dentro da planilha “Plan1”. Ele representa uma função de segundo grau, a famosa parábola (y=ax2 + bx + c) , cujos coeficientes a, b e c estão nas células A5, B5 e C5 respectivamente. Os pontos da função estão no intervalo B7:V8. Veja a figura abaixo:

Observe como está a fórmula na célula B8, que depois foi copiada para as outras células na linha 8. Note que também já foram inseridos três botões. Foram inseridos pela guia Desenvolvedor (se ela não estiver aparecendo Clique no botão do Office, Opções do Excel, Mais Usados e ative o item Mostrar guia Desenvolvedor na faixa de Opções), Inserir / Botão de Comando (ActiveX).

Botão da esquerda: (Name) = cmdMenos ; Caption = < Botão do meio: (Name) = cmdAutomático ; Caption = Automático Botão da esquerda: (Name) = cmdMais ; Caption = >

Enquanto estiver criando os códigos, mantenha o Modo de Design ativado na guia Desenvolvedor.

Mostrarei o código para o botão cmdMenos, realiza um Zoom na escala do eixo X. Para os demais botões o código é semelhante e pode ser obtido fazendo download do arquivo (clique aqui para download). Estando no Modo de Design, dê um clique duplo no botão da esquerda para editar o código VBA.

‘Reduz a distância entre o máximo e o mínimo pela metade
Private Sub cmdMenos_Click()
Dim Grafico As ChartObject
Dim EixoX As Axis
Dim Delta As Double

‘ Variável que aponta para o Gráfico 1. Selecione o gráfico e verifique o nome do seu objeto gráfico na barra de nomes do Excel.
Set Grafico = Plan1.ChartObjects(“Gráfico 1”)
‘ Objeto que aponta para o Eixo horizontal do gráfico
Set EixoX = Grafico.Chart.Axes(xlCategory)
With EixoX
‘A escala do eixo horizontal irá dobrar de tamanho, metade em direção
‘ao mínimo, metade em direção ao máximo
Delta = (.MaximumScale – .MinimumScale) / 2
‘Altera o mínimo
.MinimumScale = .MinimumScale – Delta
‘Altera o máximo
.MaximumScale = .MaximumScale + Delta
End With
‘Libera apontadores para os objetos
Set Grafico = Nothing
Set EixoX = Nothing
End Sub

Ressalto que quando um gráfico está dentro de uma planilha ele é do tipo ChartObject, porém se ele está separado da planilha é do tipo Chart, ou seja a hierarquia de objetos muda.
Façam download do arquivo, experimentem o exemplo e analisem o código VBA.

Carlos César Tanaka
MPR Informática
Cursos de Excel e VBA

Facebook Comments

Como criar um formulário no Word

Se você estiver usando o Word para desenvolver um formulário para outras pessoas preencherem e enviarem de volta, você pode usar os Controles de Formulário, um recurso bem prático e que fica com a aparência bem profissional e esteticamente interessante.

1º Passo: visualizar a guia Desenvolvedor para acessar os comandos de formulário.

Esta guia não fica visível por padrão, então para ativá-la, proceda da seguinte forma: guia Arquivo > Opções > Personalizar Faixa de Opções (lado esquerdo) > clicar em Desenvolvedor (lado direito)

guia_desenvolvedor_word

O formulário que vamos desenvolver, terá a aparência abaixo:

Para fazer o download do modelo sem os campos criados, clique aqui.

Comece posicionando o cursor após a frase: Razão Social:

Ative a guia Desenvolvedor, faixa de opção Controles e clique no botão Controle de Conteúdo Rich Text.

Depois de inserir o controle, deixe-o selecionado e clique no botão Propriedades para configurá-lo.

Foi preenchido no campo Título: Digite a Razão Social

No campo Bloqueio, foi assinalado a opção: O controle de conteúdo não pode ser excluído.

Isso vai impedir do controle ser apagado de forma indesejada.

Clique no botão OK para concluir.

Utilizando os comandos de formatação, é possível atribuir outra cor para a fonte, adicionar estilo Negrito etc.

Posicione o cursor na linha abaixo da frase: Aceita pagamento faturado?

Em seguida, pela guia Desenvolvedor, faixa de opção Controles, clique sobre o botão Ferramentas Herdadas e escolha Botão de Opção.

Com o controle selecionado, clique no botão Propriedades para configurá-lo.

Digite: Sim nos campos (Name) e Caption, conforme ilustração abaixo. Feche a janela depois de digitar.

Redimensione o campo.

 

Repita o mesmo procedimento para criar o botão Não.

Deixe o cursor no final da frase: Insira o logotipo da sua empresa e clique sobre o botão Controle de Conteúdo de Imagem.

Depois de inserir o controle, deixe-o selecionado e clique no botão Propriedades.

No campo Título, digite: Clique aqui para inserir o logotipo

Assinale a opção: O controle de conteúdo não pode ser excluído 

Finalize clicando no botão OK.

Redimensione o controle para que não ocupe muito espaço no documento.

Posicione o cursor antes da frase: Cartão de crédito e insira o Controle de Conteúdo de Caixa de Seleção.

Configure o controle conforme a ilustração abaixo.

Repita o mesmo processo para criar o controle para Boleto.

Para o item: Qual o tipo de negociação, será usado o Controle de Conteúdo de Caixa de Combinação.

Com o controle selecionado, clique no botão Propriedades para configurá-lo.

Clique no botão Adicionar para acrescentar os itens desejados na lista de opções.

Por fim, o último controle que vamos utilizar será o Controle de Conteúdo de Selecionador de Data.

Terminado a inserção dos controles do formulário, clique sobre o botão Modo de Design para visualizar o formulário como o usuário irá enxergar.

Agora é só testar preenchendo os campos!

Seu formulário está com uma aparência muito mais profissional agora! 🙂

 

Clique aqui – Curso de Word Avançado – MPR Informática

Facebook Comments

Adicionar o valor (0) zero nos campos cujos registros estão vazios em uma tabela do Access

Situação: em uma tabela do Access, existem campos com registros vazios. Observe a ilustração abaixo:

Problema: como fazer para adicionar o valor (0) zero nos registros que estão vazios?

Solução: criar uma consulta de atualização no Access.

1. A partir do objeto Consultas, crie uma consulta no modo Design e adicione a tabela desejada.

2. A partir do menu Consulta, escolha Consulta atualização.

3. Insira os campos que deseja atualizar os registros. No exemplo, adicionaremos os campos Cliente e Endereço.

4. No campo Atualizar para, digite: 0 (sem as aspas), o Access adiciona automaticamente. E no campo Critérios, digite: É Nulo (tanto para o campo Cliente como para o campo Endereço).

5. Execute a consulta clicando no botão com ! e observe que o Access exibirá uma mensagem informando o número de registros que serão atualizados. Clique no botão Sim.

6. Grave a consulta se desejar e após isso, verifique a sua tabela e note que os campos foram atualizados com o valor 0:

Clique aqui – Curso de Access Avançado – MPR Informática

Facebook Comments

Separando dados agrupados em colunas independentes

Imagine uma tabela que contenha o campo Endereço conforme mostra a ilustração abaixo:

O objetivo, é separar cada parte do endereço e obter um resultado assim:

Para obter o resultado acima, você pode proceder por etapas usando o recurso do Localizar/Substituir.

Inicialmente, deixe sempre a base original intacta, ou seja, a coluna com o endereço agrupado e copie para a coluna ao lado para realizar a edição.

1º – Isolando a primeira parte:
Com a coluna que será editada (que contém todo o endereço), acione o comando Localizar/Substituir e digite:

Localizar: R.*
Substituir por: R.

Faça a primeira varredura e você verá que os endereços com iniciam com R. já ficarão isolados.

Repita o procedimento para isolar Av.

Localizar: Av. *
Substituir por: Av.

2º – Isolando a segunda parte do endereço:

Copie novamente a base completa para outra coluna para realizar a substituição.
Acione o Localizar/Substituir e digite:

Localizar: R.
Substituir por:

Faça as substituições

==> esse procedimento irá retirar R. e Av. do endereço

Localizar: Av.
Substituir por:

*** Nessa etapa, copie a coluna para usá-la como referência e isolar os números posteriormente.

Continuando, para isolar o endereço, acione Localizar/Substituir.

Localizar: , *
Substituir por:

Faça as substituições

—————————————–

Última etapa: isolando os números

Acione Localizar/Substituir

Localizar: *,
Substituir por:

Faça as substituições. Ao término desses procedimentos, você obterá o resultado abaixo:

Clique aqui – Curso de Excel – MPR Informática

Facebook Comments